Vencedor

Atualizado: 2 de jan.


Era um cavalo valente

Trabalhou a vida inteira

Estava agora doente

Sem eira nem beira


Já ganhou muitas corridas

Seu dono muito dinheiro

Seu Jockey muitas medalhas

O seu melhor companheiro


Nada disso importava porém

Cavalo não guarda riqueza

Tudo que ele queria

Era amor e delicadeza


Vive sozinho no estábulo

Já não tem a mesma fama

Amigos não o procuram

E ninguém que ele ama


Vida de cavalo é dura

Mesmo depois da glória

Só lhe restam as lembranças

Que ele guarda na memória


Em 27/01 /17



Todas as poesias e publicações são de autoria de Dom Romani (salvo quando dado o crédito a terceiros). É uma honra e um prazer que republiquem meus poemas, poesias e textos, desde de que com os devidos créditos.

Se gostou desse artigo, poderá gostar também de ler, ouvir e Assistir (em texto, áudio e

Dê um like, comente. Clique nas estrelinhas para avaliação. Quantas estrelinhas esse post merece ?







12 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo